domingo, 10 de agosto de 2014

Sabonete Líquido: é preferência?

Oi gataas, tirei um tempinho pra falar hoje sobre os sabonete líquidos, alguma de vocês já devem ter ouvido falar, que os sabonetes líquidos são os melhores se tratando dos sabonetes em "em barra" ... Por que será?
Vamos começar?!



Higiene: O sabonete em barra tende a acumular bactérias em função do alto manuseio. Já com o líquido isso não acontece, permitindo que possa ser compartilhado entre várias pessoas.

Tratamento: O sabonete em barra costuma ser mais agressivo à pele por causa do pH alcalino (é por isso que geralmente sentimos ela repuxar após o uso). Como a outra versão não precisa se manter sólida, dá para incluir na fórmula ativos hidratantes, extratos vegetais, vitaminas, proteínas, aminoácidos e outros compostos interessantes. Fora isso, o sabonete líquido costuma ter pH neutro (com pequenas variações entre ácido e alcalino), que se aproxima melhor do pH fisiológico, ou seja, da nossa pele em estado natural.

Rendimento: Apesar de não parecer, sou da opinião de que o sabonete líquido dura mais. A versão em barra geralmente derrete com facilidade, especialmente com o vapor do chuveiro e aquela poça d’água que costuma ficar no fundo da saboneteira (eca!). Com a ajuda da esponja, o líquido faz mais espuma e rende bem.

Multifunções: Li que o sabonete líquido pode ser usado tanto no rosto quanto no corpo – mas isso se aplica a pessoas que tenham a pele normal e que escolham as versões de pH neutro. Os sabonetes em barra têm sempre uso específico: ou para um lugar, ou para o outro.

Claro que a escolha mesmo fica a gosto da freguesa – os sabonetes em barra continuam aí e já melhoraram muito suas fórmulas. Fora que são mais baratos e, em tese, melhores para o meio ambiente, por causa das embalagens menores e mais simples. E olha, confesso que eu mesma fico tentada com as apresentações, tão lindas!

Dicas por: Thaís Marques
ModaIt

0 comentários:

Postar um comentário