segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Outubro Rosa: Na luta contra o câncer



COMO FAZER O AUTOEXAME

Todas as mulheres após os 20 anos (com caso de câncer na família) e a partir dos 35 (sem caso de câncer da família) devem fazer o autoexame todo o mês no período entre os exames clínicos das mamas. As mulheres que menstruam devem realizar o procedimento na semana seguinte ao término da menstruação. Quem não menstrua deve ter uma data fixa para realizar o exame mensalmente.
É importante saber que o autoexame não é um exame de prevenção; ele somente detecta quando o câncer já está instalado.
Há três formas de realizar o autoexame, veja abaixo:
No chuveiro
Usando as pontas dos dedos, apalpe um dos seios fazendo movimentos circulares, de fora para o centro, verificando toda a mama e a área da axila. Verifique ambas as mamas todo mês para ver se sente algum nódulo ou espessura estranha. Observe as alterações.
Em frente ao espelho
Fique despida da cintura para cima e de frente ao espelho. Observe se há alterações na mama. Levante o braço e, com a mão oposta, faça movimentos circulares com as pontas dos dedos indicador e médio, sentindo a consistência da mama.
Faça uma pressão suave com os dedos nos mamilos e na aréola, observando se sai algum líquido.
Apalpe também a região da axila indo em direção a mama e faça movimentos circulares, procurando por caroços ou alguma sensação estranha. Procure por qualquer mudança no tamanho, no formato ou na cor da pele, incluindo vermelhidão, escamações ou ondulações. Faça o teste nos dois seios.
Deitada
Quando se está deitada, o tecido mamário se espalha uniformemente ao longo da parede torácica. 
Coloque um travesseiro abaixo dos seus ombros e, com o braço levantado e a mão atrás da nuca (em gestos alternados), faça o mesmo procedimento de apalpar os seios e região das axilas através de movimentos circulares.
Caso perceba alguma característica que fuja do normal, marque uma consulta com o ginecologista e informe-o sobre as alterações observadas.
Fonte: Vila Mulher

0 comentários:

Postar um comentário